Uma história com 80 anos!

 

Apsov

A Assistência foi fundada em 1932 pela Sra. D. Adelina Santos e pelo então prior Monsenhor Fernandes Duarte, cuja preocupação era ajudar a resolver os problemas dos habitantes mais carenciados do Bairro da Madragoa.  As pessoas deste bairro viviam essencialmente da pesca, sendo que a grande maioria das famílias passava por grandes dificuldades económicas, o que originava más condições de vida e uma saúde precária.

Assim, e ainda sem instalações próprias, Assistência começa a sua atividade com o Posto Médico, numa sala da Igreja, onde um grupo de médicos e enfermeiras generosamente ofereciam o seu trabalho profissional.  O movimento era tanto que em 1942 precisou de alugar um andar na Rua da Esperança para poder dar continuidade ao seu trabalho. Nessa altura o Posto Médico já dava assistência a um grande número de pessoas da freguesia, em cerca 10 anos de existência tinham sido dadas 20.000 consultas.

Mais tarde em 1958 abre um dispensário para distribuir o pequeno-almoço aos idosos mais necessitados da freguesia. Em 1959 alargaram-se as instalações para se poder, abrir uma creche tão necessária à comunidade pois o trabalho das mães era indispensável ao sustento da família.
Conta uma das enfermeiras…..…“Numa consulta de pediatria, apareceu um dia uma criança toda queimada pelo sal. A mãe explicou que deixava o filho num caixote onde costumava salgar o peixe, enquanto andava a vender na Ribeira…”

As mãe não tinham onde deixar os seus filhos.
Ao longo dos anos os serviços da Assistência foram sendo alargados devido ao número de utentes. A creche foi estendida a jardim-de-infância, o Posto médico viu as suas instalações aumentarem, e em 1990 abre o serviço de Apoio Domiciliário para assistir às pessoas que tinham dificuldades em se deslocar de suas casas.

Em 1999, com uma lista de espera para entradas na Creche e no Jardim de Infância de mais do dobro da capacidade, a Assistência lança-se na adaptação de dois andares na Rua das Janelas Verdes, em estado de grande degradação, mas com condições ideais e com um grande jardim.

Com a mudança das instalações das crianças para a Casa Pastorinhos de Fátima, nasce o Centro de Dia para 25 idosos na Casa Nossa Senhora de Fátima.